POLÍCIA

Polícia indicia suspeito de matar primo de delegado por ciúmes em Teresina

G1   10/10/2018

Segundo a polícia, vítima teve relacionamento amoroso com a atual companheira do suspeito.

José Marcelo/G1 PI

clique para ver a foto em tamanho real

Jovem foi morto quando chegava em casa na Zona Sul de Teresina

 

Felipe Kiko Silva Cavalcante foi indiciado pela Polícia Civil pela morte de José Wilton Nogueira Melo, primo do delegado Lucy Keiko. As investigações do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) apontam que o suspeito agiu por ciúmes, já que ele vive atualmente um relacionamento amoroso com a ex-companheira da vítima. O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público na segunda-feira (8).

“O motivo foi passional. Não temos como tornar público o fato específico, mas envolve esse triângulo. Ela conviveu com a vítima mais de dois anos e está há menos de um ano com o assassino. Ela prestou depoimento e confirmou o que a polícia já suspeitava, que a motivação foi em torno disso”, informou o delegado Robert Lavor, do DHPP.

De acordo com o delegado, a polícia descartou que o crime tenha tido qualquer motivação com o tráfico de drogas. “Tanto a vítima quanto o acusado eram usuários de drogas. Mas o crime não tem nada a ver com droga, com tráfico ou com briga de gangue. A motivação gira em torno das relações amorosas mesmo”, afirmou Robert Lavor.

O crime aconteceu no dia 31 de julho deste ano e o suspeito foi preso no dia 29 de setembro. Segundo a polícia, Felipe Kiko assassinou José Wilton com sete tiros quando ele em frente a sua casa, na Zona Sul de Teresina.

 

© 2010 Jornalista 292— Todos os direitos reservados.