PIAUÍ

Terceirizados denunciam não ter recebido em 2018 e paralisam atividades no Piauí

G1   27/03/2018

O tesouro estadual afirmou que os repasses para as empresas terceirizadas estão programados.

Reprodução/Tv Clube

clique para ver a foto em tamanho real

Terceirizados alegam não ter recebidos salários em 2018

 

Cerca de 20 funcionários do Hospital Getúlio Vargas (HGV) paralisaram as atividades nesta segunda-feira (26) em protesto pela falta de pagamento dos salários. Alguns dos trabalhadores relatam que não receberam dinheiro em 2018 e que já não tem condições de pagar a passagem de ônibus para ir trabalhar.

“Na minha casa está tudo atrasado, contas de água e energia. Eu não tenho mais como pedir dinheiro emprestado a ninguém”, desabafou Selma Santana, auxiliar de serviços gerais no HGV que participou da paralisação nesta segunda-feira (26).

Diego Andrade também lamentou a situação dos terceirizados. “Eu nunca pensei que ia trabalhar um dia e depois lutar para poder receber”, declarou.

Detran-PI também enfrenta paralisações

No Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), terceirizados também paralisaram as atividades em protesto pela falta de pagamento dos salários.

O Superintendente do Tesouro Estadual, Emílio Júnior, afirmou que o estado passa por dificuldades financeiras, mas que os repasses para as empresas terceirizadas já estão programados.

“Com relação ao Detran, já foi repassada a competência de janeiro e será repassada até o dia 10 de abril a de fevereiro. Na saúde, foi enviado algo em torno de R$ 3 milhões para que o repasse seja feito”, pontuou Emílio Júnior.

 

© 2010 Jornalista 292— Todos os direitos reservados.