POLÍCIA

Cerca de R$ 600 mil já foram levados dos bancos em assaltos no Piauí em 2018

180 graus   05/02/2018

O Piauí tem sido alvo constante dos ataques de quadrilhas de assalto a bancos no interior do estado

180

clique para ver a foto em tamanho real

Agência é alvo de explosão em Cocal

 

O Secretário de Segurança Pública do Piauí, capitão Fábio Abreu, reuniu-se na manhã desta segunda-feira (05/02) na sede do órgão com representantes da polícia e de instituições financeiras para falar sobre os constantes ataques aos bancos do estado. Ao todo os criminosos já levaram cerca de R$ 600 mil reais só em 2018.

O Piauí tem sido alvo constante dos ataques de quadrilhas de assalto a bancos no interior do estado e em poucas semanas pelo menos três instituições financeiras foram atacadas em ações dos bandidos.

Em entrevista coletiva, o delegado-geral Riedel Batista falou sobre o teor da reunião. “Estamos aqui traçando estratégias de repressão qualificadas para justamente prender esses grupos criminosos que estão atuando no Piauí”, disse. Ainda segundo ele as investigações vão prosseguir com a ajuda de informações dos estados vizinhos, visto que as ações podem ter partido de quadrilhas de outras regiões.

No ano passado a polícia do Piauí realizou mais de 100 prisões de pessoas envolvidas nas mesmas ações de ataques a bancos.

O Secretário Fábio Abreu falou na coletiva sobre o resultado da reunião. “Estivemos aqui com os representantes das instituições bancárias e com os principais membros da área da segurança pública afim de buscar prender esses criminosos e buscar prevenir também, porque o nosso objetivo também é o da prevenção”, informou.

Algumas pessoas acabaram sendo feitas reféns durante a ação dos criminosos e Fábio Abreu também faz um alerta às pessoas que costumam se deslocar para agências durante o período noturno. “Não há motivos para irem a esses locais à noite, deixem para ir no período da manhã, porque não justifica a pessoa ficar lá nesse horário”, sustentou.

 

© 2010 Jornalista 292— Todos os direitos reservados.