EDUCAÇÃO

10 itens que não podem constar na lista de material escolar

PROTESTE   12/01/2018

Se você tem filhos em idade escolar e está com dúvidas sobre quais materiais escolares comprar, a PROTESTE te ajuda. Confira a lista!

Divulgação

clique para ver a foto em tamanho real

10 itens que não podem constar na lista de material escolar

 

Todo início de ano é igual: IPTU, IPVA e, para quem tem filhos, a extensa lista de material escolar solicitada pelas escolas. Apesar de existirem algumas estratégias para economizar bastante durante o processo de compra dos itens para o ano letivo, o que muitas vezes acontece, também, é que as instituições de ensino colocam itens que não deveriam constar na lista, confundido muitos pais.

Se você não tem certeza sobre o que deve ou não comprar, a PROTESTE te ajuda. Montamos uma lista com 10 itens que NÃO podem ser solicitados pelas escolas, para alunos a partir dos 2 anos de idade. Confira a seguir:

1. Canetas para lousa;

2. Carimbo;

3. Álcool hidrogenado;

4. Giz branco ou colorido;

5. Grampeador;

6. Grampos para grampeador;

7. Ploto para quadro branco;

8. Papel higiênico;

9. Algodão;

10. Flanela.

Nunca compre produtos de uso coletivo, higiene e limpeza

Embora existam muitos outros itens, esses são apenas alguns dos principais que são comumente encontrados em listas solicitadas por colégios e escolas de todo o país. Para o caso de dúvida, o melhor a se fazer é sempre consultar a legislação, que afirma que “de acordo com a Lei 12.886/2013 não pode ser incluído na lista materiais de uso coletivo, higiene e limpeza ou taxas para suprir despesas com água, luz, telefone, impressão e fotocópia. A escola também não pode exigir que os pais comprem o material no próprio estabelecimento e nem determinar marcas e locais de compra, exceto apostilas”.

 

© 2010 Jornalista 292— Todos os direitos reservados.