JUSTIÇA

Agentes penitenciários são treinados para uso de novo equipamento de segurança

292   29/11/2017

A Secretaria de Justiça adquiriu 500 pistolas calibre .40 e está realizando curso para manuseio da arma

Divulgação

clique para ver a foto em tamanho real

Agentes penitenciários são treinados para uso de novo equipamento de segurança

 

 

A Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus), por meio da Academia de Formação Penitenciária do Estado (Acadepen), iniciou, nesta quarta-feira (29), o curso de armamento e tiro abrangendo técnicas de montagem e manutenção de pistolas calibre .40. O curso é voltado aos agentes penitenciários e tem duração de 20 horas/aula. 

A Sejus adquiriu, recentemente, 500 pistolas .40, que serão utilizadas pelos agentes penitenciários nos presídios do Estado, de modo a reforçar a segurança nos estabelecimentos penais. O curso tem como finalidade, portanto, habilitar os agentes para uso do equipamento. 

“E uma ótima iniciativa, por parte da Secretaria de Justiça,  possibilitar o aperfeiçoamento dos agentes penitenciários. Nessa rotina de escolta, segurança dos presídios, é importante o agente saber manusear as armas, para dar mais segurança na prestação do serviço e para a população”, ressalta o agente penitenciário Fernando César. 

A parte teórica do curso será ministrada na sede da Academia de Formação Penitenciária e a etapa prática acontecerá no Stand de Tiro da Polícia Civil – a Secretaria de Justiça e a Secretaria de Segurança Pública são parceiras. 

Nessa primeira etapa, 120 agentes participarão do curso. Mais de 400 agentes penitenciários participarão do curso em todas as etapas – que também serão realizadas no interior do Estado, para facilitar o acesso dos servidores. 

“É um curso muito importante, pois possibilitará a qualificação profissional do agente penitenciário, além de garantir mais eficiência no seu trabalho em prol da segurança no sistema prisional”, pontua Jacinto Teles, diretor da Acadepen. 

O secretário de Justiça, Daniel Oliveira, ressalta que “estamos modernizando o sistema prisional e melhorando as condições de trabalho dos agentes penitenciários. Esse curso vai, sem dúvida, nos ajudar a garantir a ordem e da paz nas penitenciárias”. 

Além das pistolas calibre .40, a Secretaria de Justiça adquiriu carabinas calibre .40; espingardas calibre 12; granadas; munição; e equipamentos de proteção individual, coletes balísticos, cintos de guarnição, coturnos táticos, capacetes, caneleiras e cotoveleiras.

 

© 2010 Jornalista 292— Todos os direitos reservados.