Publicidade  - Bio

JUSTIÇA

Julgamento de acusado de matar jornalista entra em sua fase final

O Dia   24/04/2018

Arquivo pessoal

clique para ver a foto em tamanho real

O jornalista Júlio César Macedo Galvão.

Everardo Ralfa de Sousa é acusado de ter colidido com o carro do jornalista Júlio César Galvão a 160 quilômetros por hora em maio de 2006.

 

Aconteceu nesta segunda-feira (23), no Fórum Central Cível e Criminal de Teresina, o julgamento de Everardo Ralfa de Sousa, acusado de matar no trânsito o jornalista e servidor do Tribunal de Justiça Júlio César de Macedo Galvão, em 23 de junho de 2006. O administrador de empresas foi denunciado por homicídio qualificado e é acusado de colidir em alta velocidade com o carro do jornalista e evadir-se do local do crime sem prestar socorro à vítima. Há a suspeita de que o condutor estaria embriagado.

O caso é o primeiro envolvendo um acidente de trânsito a ir a um Tribunal do Júri no Piauí. Ao todo, oito testemunhas foram ouvidas durante o julgamento. Por volta das 17h de hoje, Everardo Ralfa de Sousa foi interrogado perante o júri e disse que a denúncia era “em partes” verdadeira. Segundo ele, o veículo da vítima teria entrado na Avenida Henry Wall de Carvalho por uma rua perpendicular, e teria mudado de faixa repentinamente, momento em que a caminhonete de Everardo, uma F-250, teria colidido com a traseira do carro da vítima. Durante o interrogatório, o réu confessou que não pediu socorro por não saber o número do Samu, mas disse ter ligado para dois amigos antes de sair do local do crime.

A tese da defesa é contestada pela acusação. Segundo o Ministério Público, o jornalista estava na avenida Henry Wall de Carvalho, fazendo o mesmo percurso de Everardo, quando foi atingido pelo acusado. Os laudos periciais apontam que o veículo do acusado estava a mais de 160 quilômetros por hora e não havia marcas de frenagem no asfalto que indicassem que o réu teria tentado parar a caminhonete antes de atingir o veículo do jornalista. Na época, o crime foi testemunhado por um moto taxista que seguiu o motorista até sua casa, localizada no bairro Jockey.

Para a família da vítima, a esperança é de que o réu seja condenado pelo crime de homicídio qualificado. “Nós estamos muito confiantes de que esse júri vai amenizar a nossa dor, acabar não vai, porque o Júlio não vai voltar. Esperamos que ele [o acusado] pague pelo que fez, porque quando você faz o uso da bebida alcoólica e pega na direção, você está assumindo o risco de matar. O mínimo que ele poderia ter feito era tentar ter ajudado, mas ele se evadiu do local”, enfatizou a cunhada de Júlio César, Eliane Rodrigues.

Em maio do ano passado, o julgamento da morte do jornalista Júlio Cesar de Macedo Galvão foi suspenso por um mandato de segurança expedido pelo desembargador Luiz Gonzaga Brandão, devido a um recurso impetrado pela defesa no Supremo Tribunal Federal (STF) que ainda não havia sido julgado.

Os debates orais entre acusação e defesa iniciaram por volta das 18h, a previsão é de que a sentença seja proferida até a meia-noite.

O crime

O crime aconteceu no dia 23 de junho de 2006, na avenida Henry Wall de Carvalho, no bairro Tabuleta, zona Sul de Teresina. O jornalista retornava do conjunto Saci, zona Sul, conduzindo o seu automóvel Gol, que foi colhido na traseira por uma caminhonete F-250.  O Gol foi arrastado por cerca de 50 metros. O motorista da caminhonete, identificado como  Everardo Ralfa de Sousa, teria se evadido do local sem prestar socorro à vítima.

Com ferimentos graves, o jornalista foi internado na Clínica Prontomed, sendo transferido depois para a UTI do Hospital São Marcos. Júlio Cesar não resistiu aos ferimentos e morreu no dia 27 de junho de 2006. Indiciado em inquérito na Delegacia de Homicídios, no Morada Nova, Everardo Ralfa foi acusado por crime de homicídio doloso e o processo foi levado para a 1ª Vara Criminal.

Comentar Enviar por e-mail Imprimir

Comentários:

Não há comentários para a matéria no momento.

Envie um comentário para a matéria.
Origem da mensagem: 54.166.228.35









Visual CAPTCHA


O JORNALISTA 292 não se responsabiliza pelas mensagens postadas como comentário das notícias, sendo estas de sua inteira responsabilidade, podendo, quando julgar algum comentário inadequado, inativá-lo ou excluí-lo de sua base de dados. Salvo confirmação de seus dados informados.

Mais Notícias:

:: Operação Call Center: polícia indicia 21 suspeitos de aplicar golpes em compra e venda de veículos na internet

:: Catedral a 750 m da Delegacia Geral é invadida por assaltantes

:: Na política, padres encontram escândalos, processos e cadeia no Piauí

:: Lideranças do PRB articulam chapa com Dr. Pessoa governador e Frank Aguiar no Senado

:: Detento é morto após sofrer perfurações durante banho de sol

:: Irmão de ex-governador Wilson Martins morre aos 71 anos com câncer

:: Luciano denuncia desvio de 100 milhões de reais da obra da Transcerrados

:: Vereador Chaguinha denuncia Comissão de Licitação ao Ministério Público

:: O festival da mamata assola o país

:: Assembleia aprova LDO 2019 e recesso inicia quarta-feira

:: Padre Walmir nomeia três secretários municipais da mesma família

:: Juiz cassa prefeito e vice-prefeito de Picos por abuso de poder econômico

:: Em decisão inédita, juiz determina que Luciano Nunes pode impulsionar mensagem em redes sociais

:: Carro de empresário morto foi usado em dois assaltos antes de ser incendiado

:: Quem ganha com a desmoralização da Justiça?

+ Geral

POLÍCIA

Catedral a 750 m da Delegacia Geral é invadida por assaltantes

15.07.2018

De acordo com a polícia, dois ventiladores foram roubados e imagens de santos foram danificadas, além de os bandidos terem deixado as roupas dos padres manchadas de sangue

LUTO

Irmão de ex-governador Wilson Martins morre aos 71 anos com câncer

12.07.2018

Ediwar era o mais velho de 13 irmãos dos políticos.

Nepotismo

Padre Walmir nomeia três secretários municipais da mesma família

12.07.2018

Além desse caso de nepotismo, o Padre Walmir nomeou para a Secretaria Municipal de Serviços Públicos o ex-vereador Luís Rodrigues Coelho

PICOS

Pesquisa revela que empresas de Picos devem voltar a contratar no 2º semestre

10.07.2018

O levantamento está sendo realizado pela empresa Carreira Vitoriosa, e é coordenado pelo consultor empresarial e de RH, o coach Wedson Bezerra

PIAUÍ

Câmara aprova venda da Cepisa e mais cinco distribuidoras

05.07.2018

Câmara aprova texto-base para venda de distribuidoras da Eletrobras

POLÍCIA

Polícia deflagra operação Call Center contra crimes de estelionato pela internet

05.07.2018

Há registros de vítimas no Piauí e em mais nove estados: Paraná, Mato Grosso, Pará, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

SHOW

Terapia do Riso traz " Devo não nego, pago quando Puder " com Amauri Jucá"

04.07.2018

O humorista Amauri Jucá está no batente, fazendo o povo rir, há muitos anos.

JUSTIÇA

MPPI e MPF ingressam com ação para regularizar o pagamento dos pacientes pelo programa Tratamento Fora do Domicílio (TFD)

30.06.2018

Outra queixa recorrente é a falta de flexibilidade para inclusão de mais de um acompanhante no cadastro do programa.

PICOS

Prefeitura de Picos mantém taxa de iluminação com aumento de 100%

29.06.2018

Como a cobrança desse valor é indevida, dezenas de consumidores estudam a possibilidade de cobrar da Prefeitura de Picos a devolução do valor pago

POLÍCIA

Operação apreende mais de 200kg de maconha e prende quatro pessoas

29.06.2018

Droga foi encontrada em carro e casa do suspeito, que segundo a polícia, seria de São Paulo. Ação foi comandada pela Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL).

ESPECIAIS

Editorial

Na política, padres encontram escândalos, processos e cadeia no Piauí

15.07.2018

Mas estes casos mostram, antes de tudo, que os padres precisam fazer menos política e rezar mais.

publicidade piauieletro2
Dr Wesley6 eco apaas Moreno Calçados 1 Alberto Lotação e Turismo4 Casa do Automóvel Williamns Lopes5 piauieletro Bio honda6

JORNALISTA 292

Todos os artigos publicados, neste web site, são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião do J292.

Desenvolvido por: Aroldo Santos – Soluções Web.