Publicidade  - eco5

GREVE

Servidores da Saúde de Picos entram em greve por tempo indeterminado

Raisa Brito/GP1   10/01/2018

Raisa Brito/GP1

clique para ver a foto em tamanho real

Assembleia reúne expressivo número de servidores.

Paralisação começa na próxima sexta-feira, 12, com uma manifestação de protesto em frente à Prefeitura de Picos

 

Com dois meses de salários atrasados, os servidores municipais de Picos lotados na Secretaria de Saúde, decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. A paralisação começa na próxima sexta-feira, 12, com uma manifestação de protesto em frente ao Palácio Coelho Rodrigues, sede da Prefeitura.

A decisão de paralisar as atividades por tempo indeterminado foi tomada, por unanimidade, no final da tarde de segunda-feira 8, em assembleia geral extraordinária realizada no plenário da Câmara Municipal de Picos. O motivo principal alegado pelos servidores é o atraso no pagamento dos salários, que já vai para o terceiro mês sem que a gestão apresente qualquer alternativa.

Desespero

Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos (Sindserm), Edna Moura, o desespero dos trabalhadores da Saúde é notório e todos já vinham cobrando há algum tempo essa greve geral e por tempo indeterminado.

Diante do quadro de incertezas os servidores decidiram paralisar as atividades a partir da próxima sexta-feira, 12. “Tivemos a confirmação de adesão ao movimento de várias categorias de trabalhadores, dentre as quais o pessoal do Nasf, técnicos de saúde, agentes de saúde bucal, agentes de endemias, além de outros filiados a diferentes associações que também desejam parar” – ressaltou Edna Moura.

Segundo a sindicalista a intenção do movimento é reunir o maior número de trabalhadores para pressionar o município a encontrar, de fato, uma alternativa e pagar os salários atrasados e implantar uma data base para efetuar esses pagamentos.

A sindicalista destaca ainda que são vários os motivos que levaram os servidores a decidirem pela greve geral, dentre os quais as péssimas condições de trabalho. Porém, o principal são os atrasos constantes no pagamento dos salários que tem deixado os trabalhadores numa situação até de desespero.

Edna Moura enfatizou que até o momento a gestão não efetuou o pagamento dos trabalhadores da Saúde referentes aos meses de novembro e dezembro de 2017. “Apesar dessa situação, a secretária municipal de Saúde não se manifesta, não diz o que pretende fazer e não apresenta qualquer alternativa, sequer para negociar” – denúncia Edna.

Desde o dia 2 de janeiro de 2017 a secretaria municipal de Saúde de Picos é gerida por Maria do Socorro de Sousa Moura, esposa do vice-prefeito, empresário Edilson Alves de Carvalho (PTB).

Comentar Enviar por e-mail Imprimir

Comentários:

Não há comentários para a matéria no momento.

Envie um comentário para a matéria.
Origem da mensagem: 54.82.29.141









Visual CAPTCHA


O JORNALISTA 292 não se responsabiliza pelas mensagens postadas como comentário das notícias, sendo estas de sua inteira responsabilidade, podendo, quando julgar algum comentário inadequado, inativá-lo ou excluí-lo de sua base de dados. Salvo confirmação de seus dados informados.

Mais Notícias:

:: Aluna do PI nota mil na redação do Enem 2017 diz que "não era seu ponto forte"

:: Cabo do Exército que atirou em folião é investigado por três crimes

:: Tarifas de táxi e mototáxi são discutidas em reunião entre Conselho e Strans

:: Restaurantes são estimulados a entrar no clima carnavalesco

:: Prefeitura de Teresina vai ampliar o projeto Dançando na Praça

:: Senar abre inscrições para curso técnico gratuito no Piauí

:: Baile define Rei e Rainha da Acessibilidade do Carnaval 2018

:: Prefeito de Picos não vai suspender aumento da taxa de iluminação

:: Médico do Piauí receita diminuir uso de celular para tratar anemia de criança

:: Caso de babá psicopata é verdadeiro, mas ocorreu há dois anos

:: Policiais serão proibidos de entrar armados em prévias carnavalescas

:: MP ingressa com ação por ato de improbidade administrativa

:: Governo do PI flagra 9700 servidores recebendo mais de um contracheque

:: Agentes da Strans paralisam por 48 horas e fiscalizações estão prejudicas

:: PF faz operação "Curriculum" na Uespi e investiga desvio de recursos

+ Geral

ENEM

Aluna do PI nota mil na redação do Enem 2017 diz que "não era seu ponto forte"

18.01.2018

Estudante disse que a prova de redação não era seu ponto forte e por isso reforçou preparação.

TERESINA

Tarifas de táxi e mototáxi são discutidas em reunião entre Conselho e Strans

18.01.2018

Os cálculos das tarifas serão apresentados ao prefeito para definição do valor final

TERESINA

Restaurantes são estimulados a entrar no clima carnavalesco

18.01.2018

Serão desenvolvidas ações nos setores de hotelaria, eventos e gastronomia durante o período

TERESINA

Prefeitura de Teresina vai ampliar o projeto Dançando na Praça

18.01.2018

Atualmente, o projeto está ativo em 16 espaços públicos de todas as zonas da cidade

PIAUÍ

Senar abre inscrições para curso técnico gratuito no Piauí

18.01.2018

O processo de seleção será online por meio de análise curricular

CARNAVAL

Baile define Rei e Rainha da Acessibilidade do Carnaval 2018

18.01.2018

Cesário Hélio Teixeira, de 38 anos, que é atendido no Centro Dia de Referência, foi escolhido como novo Rei da Acessibilidade

PICOS

Prefeito de Picos não vai suspender aumento da taxa de iluminação

17.01.2018

A recomendação para que a lei fosse suspensa administrativamente partiu do Ministério Público Estadual

PIAUÍ

Governo do PI flagra 9700 servidores recebendo mais de um contracheque

17.01.2018

Dos 1947 casos analisados até agora, 570 servidores foram considerados irregulares e devem ser demitidos. Entre os irregulares há servidores acumulando até três cargos.

TERESINA

Agentes da Strans paralisam por 48 horas e fiscalizações estão prejudicas

17.01.2018

Agentes de trânsito afirmam que reajuste salarial está atrasado desde 2017 e exigem curso de formação mais elaborado: "O último curso durou uma semana", diz agente.

POLÍCIA

PF faz operação "Curriculum" na Uespi e investiga desvio de recursos

17.01.2018

A Polícia Federal realiza na manhã desta quarta-feira (17) a "operação Curriculum" que investiga irregularidades na aplicação de recursos federais

ESPECIAIS

Editorial

Sucessão de erros resultou em tragédia

12.01.2018

Eita Piauí que não toma jeito!

publicidade eco4
Dr Wesley6 Moreno Calçados 1 piauieletro Mahogany Camisetas3 paoecafe9 eco Alberto Lotação e Turismo4 MARA4 apaas PROCORDIS 2 Eriberto5

JORNALISTA 292

Todos os artigos publicados, neste web site, são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião do J292.

Desenvolvido por: Aroldo Santos – Soluções Web.