Publicidade  - Shopping3

JUSTIÇA

Atuação da CGU investigou desvios de R$ 23 milhões

O Dia   18/12/2017

Arquivo O Dia

clique para ver a foto em tamanho real

Ações da CGU foram realizadas em parceria com a Polícia Federal no Piauí

Operações tiveram o objetivo de combater a corrupção com apuração de desvios de recursos públicos no Estado

 

A Controladoria-Geral da União divulgou o relatório de fiscalização das ações realizadas pelo órgão em 2017. O lançamento da publicação é em referência ao Dia Internacional de Combate a Corrupção, comemorado dia 7 de dezembro. Neste ano, no Piauí, a CGU realizou a operação Pastor, em parceria com a Policia Federal e duas etapas da operação Escamoteamento, que contaram com a colaboração de vários órgãos de fiscalização. As investigações apontam que desvios de R$ 23 milhões nas duas operações.

A operação Pastor foi delagrada em junho, com o objetivo de desarticular organização criminosa responsável pelo desvio de montante superior a R$ 5 milhões, envolvendo verbas do Ministério da Educação, Codevasf e Fundação Nacional de Saúde. A operação cumpriu dois mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária, cinco de conduções coercitiva e quatorze de busca e apreensão. Os mandados foram cumpridos em Dom Inocêncio, São Raimundo Nonato e Teresina. Os desvios ocorreram entre 2009 e 2012.

Já a operação Escamoteamento foi realizada em duas etapas, a primeira, realizada em abril, mirou em técnicos e empresários e a segunda, em outubro, no braço político da organização criminosa. Ambas tinham a cidade de Cocal, no norte do Piauí, como foco da organização.

Na primeira etapa, análises e levantamentos da CGU demonstraram que empresas contratadas para prestar serviços de transporte escolar e locação de veículos, nos nãos de 2013 a 2015, não tinham sede física, capacidade de prestar serviços, e atuaram como intermediarias entre prefeituras e os executores de fato. Entre 2013 e 2015, a CGU e os demais órgãos apontam que os prejuízos gerados ao Poder Público alcançaram R$ 18 milhões. Na segunda fase, foi divulgada a colaboração de um dos envolvidos no esquema fraudulento, que contribuíram o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) para identificar a forma de operação dos desvios. Como resultado das investigações, o Gaeco ajuizou representação pela prisão preventiva dos envolvidos.

O Ministério Público Federal, o Tribunal de Contas do Estado, o Tribunal de Contas da União, entre outros órgãos, também participaram das operações.

Oito servidores federais são demitidos no Piauí por atos ilícitos

A Controladoria-Geral da União expulsou oito servidores públicos federais no Piauí em 2017. As informações estão no relatório de ações do órgão e aponta que entre as demissões, cinco são de profissionais ligados ao Ministério da Educação. Os ministérios da Saúde, do Desenvolvimento Social e Agrá- rio, e da Justiça tiveram um servidor demitido cada.

Do total de oito servidores expulsos, quatro responderam processos administrativos por atos relacionados à corrupção e os outros quatro por abandono de cargo, inassiduidade ou acumulação ilícita de cargos. As punições expulsivas fazem parte do enfrentamento à impunidade no Poder Executivo Federal, uma das diretrizes do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU).

O relatório de punições expulsivas é divulgado mensalmente no site do Ministério da Transparência, de forma a prestar contas à sociedade sobre a atividade disciplinar exercida no âmbito do Executivo Federal. As informações são consolidadas por meio do Sistema de Correição, que conta com uma unidade em cada ministério e é dirigido pela Corregedoria-Geral da União, área vinculada ao Ministério da Transparência.

Os servidores apenados, nos termos da Lei Ficha Limpa, ficam inelegíveis por oito anos. A depender do tipo de infração cometida, também podem ficar impedidos de voltar a exercer cargo pú- blico. Em todos os casos, as condutas irregulares ficaram comprovadas após condução de Processo Administrativo Disciplinar (PAD), conforme determina a Lei nº 8.112/1990, que garantiu aos envolvidos o direito à ampla defesa e ao contraditório

Comentar Enviar por e-mail Imprimir

Comentários:

Não há comentários para a matéria no momento.

Envie um comentário para a matéria.
Origem da mensagem: 54.224.133.152









Visual CAPTCHA


O JORNALISTA 292 não se responsabiliza pelas mensagens postadas como comentário das notícias, sendo estas de sua inteira responsabilidade, podendo, quando julgar algum comentário inadequado, inativá-lo ou excluí-lo de sua base de dados. Salvo confirmação de seus dados informados.

Mais Notícias:

:: Mais de 75% reprovam a gestão do prefeito Padre Walmir

:: Feminicídios em Teresina já ultrapassaram todos os casos de 2017 em mais de 30%

:: Candidatura de Mainha cresce e ganha novas adesões

:: Ex-prefeito de Lagoa do Sítio acusado de matar esposa é inocentado por júri popular

:: Espaço de beleza Neyva Cabelos é reinaugurado com a presença de clientes e amigos

:: Duas pessoas morrem em acidente envolvendo três veículos

:: Cinco servidores da UFPI são multados por responsabilidade em acúmulos de cargos

:: Professora tem carro roubado duas vezes em menos de 15 dias

:: Mecânico se entrega e é preso suspeito de matar esposa a facadas

:: PT do Piauí faz jogo profissional

:: O GRANDE DIA: Piauí Shopping Center inaugura hoje recheado de atrações

:: Piauí Shopping Center recebe visita de representantes do Senac Picos e sinalizam parceria

:: Piauí registra dez mortes por H1N1 e campanha de vacinação é prorrogada

:: Médicos de Teresina farão paralisação de dois dias

:: Dudu Nobre e Arthur Espíndola se apresentam em quatro cidades do Piauí

+ Geral

PREFEITO FRACO

Mais de 75% reprovam a gestão do prefeito Padre Walmir

21.06.2018

A Pesquisa do BrVox realizada foi realizada entre os dias 16 e 17 de junho

JUSTIÇA

Ex-prefeito de Lagoa do Sítio acusado de matar esposa é inocentado por júri popular

12.06.2018

O G1 não conseguiu contato com a família da vítima. Prefeito foi indiciado pela polícia como autor do homicídio contra Gercineide Monteiro em fevereiro de 2015.

Espaço de beleza

Espaço de beleza Neyva Cabelos é reinaugurado com a presença de clientes e amigos

12.06.2018

Neyva Cabelos atende as necessidades de beleza, com vários serviços

ACIDENTE

Duas pessoas morrem em acidente envolvendo três veículos

11.06.2018

Ambulância do município de Valença, caminhão e automóvel colidiram. Duas pessoas que estavam no carro morreram e três foram levadas para o Hospital de Urgência de Teresina.

PIAUÍ

Cinco servidores da UFPI são multados por responsabilidade em acúmulos de cargos

08.06.2018

Servidores da administração superior desde 2011 foram declarados culpados por não terem investigado servidores que acumulavam cargos na instituição e em outros lugares. UFPI vai recorrer.

POLÍCIA

Professora tem carro roubado duas vezes em menos de 15 dias

08.06.2018

Na primeira vez, o veículo foi encontrado na cidade de Timon, Maranhão.

POLÍCIA

Mecânico se entrega e é preso suspeito de matar esposa a facadas

07.06.2018

De acordo com o delegado Maikon Kaestner, o suspeito confessou o crime e disse que não lembra do momento que desferiu as 26 facadas

Piauí Shopping Center

O GRANDE DIA: Piauí Shopping Center inaugura hoje recheado de atrações

07.06.2018

De acordo com a programação de inauguração, a partir das 15:00h começa a solenidade com recepção das autoridades e convidados

Senac Picos

Piauí Shopping Center recebe visita de representantes do Senac Picos e sinalizam parceria

06.06.2018

A visita ao Piauí Shopping também objetivou a possibilidade da realização, nas dependências do shopping do evento denominado de Senac Open

SHOW

Dudu Nobre e Arthur Espíndola se apresentam em quatro cidades do Piauí

05.06.2018

A parceria entre Dudu Nobre e Arthur Espíndola estreou no palco do Theatro da Paz em julho de 2017 com um formato mais intimista

ESPECIAIS

Editorial

PT do Piauí faz jogo profissional

07.06.2018

Se os aliados fazem tanta questão da aliança com o PT para a eleição de deputado, o partido pode até ceder, desde que os aliados não briguem

publicidade Dr Wesley7
PROCORDIS 2 piauieletro Eriberto5 honda6 Bio Camisetas3 Dr Wesley6 apaas Casa do Automóvel Moreno Calçados 1 eco Alberto Lotação e Turismo4

JORNALISTA 292

Todos os artigos publicados, neste web site, são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião do J292.

Desenvolvido por: Aroldo Santos – Soluções Web.