Publicidade  - hONDA3

POLÍCIA

Irmã de Iarla quebra silêncio e descreve últimos momentos da jovem morta por tenente

Cidadeverde   12/07/2017

Divulgação

clique para ver a foto em tamanho real

Iarla Lima Baborsa, morta pelo namorado tenente do exército no dia 19 e junho

Iarla Barbosa foi assassinada com quatro tiros pelo tenente que era seu namorado.

 

Ilana Lima Barbosa, irmã da jovem Iarla Lima Barbosa, morta pelo namorado, o tenente do Exército José Ricardo da Silva Neto, quebrou o silêncio e descreveu os últimos momentos da irmã antes de ser assassinada. A jovem prefere não mostrar o rosto por medo, mas não esconde em suas lágrimas a dor e o choque de ter assistido a morte da irmã, aparentemente por ciúmes. Ilana vai levar para sempre a marca da violência provocada pelo tiro de raspão, mas a marca maior e mais dolorosa é a da saudade.

"Eu sempre penso que a minha irmã está em algum lugar e ela vai voltar. Eu não consigo entender. Eu não acredito em nenhum momento que ela não está mais aqui. É muito difícil principalmente quando chega a noite porquê a gente dormia juntas e quando eu fico algum tempo só, aí que eu me dou conta que ela não está mais aqui", desabafa a jovem emocionada.

Iarla Barbosa foi assassinada com quatro tiros pelo tenente que era seu namorado. Ilana também estava no carro e por pouco não foi morta pelo tenente. Com exclusividade para a TV Cidade Verde, a jovem aceitou relembrar o momento do crime. Para ela, não há um motivo aparente para o ataque de fúria do tenente que assassinou a sua irmã na noite do dia 19 de junho.

"Eu não sei nem explicar porquê ele estava aparentemente normal. O único momento que ele alterou a voz foi no carro, mas até o momento em que ele entrou no carro ele estava normal. Eles foram de mãos dadas, ele foi beijando ela e estava tudo muito normal. Ele chamou minha irmã e falou que estava  passando mal e depois ela me chamou e falou que íamos embora por isso. Foi aí que decidimos, fomos pagar a conta e saímos", descreve Ilana.

A jovem acrescenta que já conhecia o rapaz, mas que não imaginava que ele tivesse um comportamento agressivo, já que só sua irmã saía com ele. "Eu vi ele poucas vezes. Sempre que eu via ele em alguma festa estavam todos dançando e bebendo e só. Nunca imaginei que ele fosse violento", completa.

Ao entrar no carro, Ilana conta que José alterou a voz e começou a questionar sua irmã, sobre o comportamento da moça na festa. Com ciúmes ele questionada a namorada por ela ter dançado com outras pessoas na festa. "Ele perguntava se ela achava que ele era criança e ela com toda calma respondia que ele não era criança. Aí ele falou 'você acha que eu não vi você dançando com todo mundo?'. Só foi isso. Logo em seguida ele pegou a arma e começou a efetuar os disparos. Ela não chegou nem a questionar ele já começou logo a fazer os disparos. Primeiro nela e depois ele virou para trás e começou a efetuar onde eu estava com a minha amiga", completa a jovem.

Arma

Ilana conta que sua irmã sabia que o tenente andava armado e que já havia comentado que ele saía com a arma. Ela completa que não passava pela sua cabeça a possibilidade dele usá-la contra elas. A jovem comenta ainda que o tenente havia bebido mas não estava bêbado e que sua irmã pediu para que ele não atirasse. "A Iarla já tinha comentado comigo que ele sempre andava armado mas eu nunca imaginei que naquele momento ele fosse pegar a arma. Tanto que eu nem cheguei a ver a arma. A Iarla que se assustou e quando ela se assustou eu olhei em seguida e ele efetuou os disparos, mas em nenhum momento eu percebi nenhuma reação diferente nem que ia pegar a arma. Ele bebeu um pouco, mas não estava bêbado ao ponto de não saber o que estava fazendo até porquê saímos normalmente. Eles não discutiram. Ela ainda botou a mão na frente da arma e pediu que ele não fizesse isso", descreveu.

Em seguida o tenente virou para o banco de trás e disparou contra ela e uma amiga que estava com elas no bar. "Ele virou e começou a atirar e eu não sabia o que estava acontecendo. Do jeito que ela caiu ela ficou. Ele estava dando a ré pra sair do local e quando vi que minha irmã não esboçava nenhuma reação. Foi quando eu entrei em desespero. Eu nem vi que eu estava baleada. Eu não senti e fiquei preocupada se tinha acontecido alguma coisa com ela. Foi o momento que eu saí do carro e ele foi pro apartamento dele onde acharam o corpo dela no carro já sem vida. Ele não falava nada. Só atirava", completa.

A irmã chegou a acreditar que a jovem tivesse fingido a morte para se salvar, pois não esboçava nenhuma reação.

Amiga

A amiga de Ilana, Joseane que estava no carro também foi  atingida em cheio por dois tiros. Ela conseguiu se recuperar mas ainda tem um ferimento no braço. A jovem, que também deu entrevista, reforça que o clima de harmonia entre o casal ainda era grande.  "Depois que ele teve contato com os flanelinhas, pelo que eu entendi na hora ele falou que já bastava aquele valor para os dois já de forma alterada e nesse momento ele já foi se virando pra ela e brigando. Como ele falou que estava passando mal perguntamos se ele não queria tomar uma água e dar um tempo. E ele já foi perguntando se ele achava que era criança e atirando. Eu só ouvi o barulho e vi faísca. Não sabia que era tiro porquê não sabia que ele era militar. Muito menos que andava armado, e não tinha motivo. Eu não sabia que eu tinha sido atingida e só tive noção quando eu voltei pra onde a gente estava e me socorreram", contou

Emocionada Ilana chora a falta da irmã. A jovem diz não conseguir descrever o que sente ao lembrar do rapaz, mas tem convicção ao afirmar que espera Justiça. "Eu quero Justiça. Ele tem que pagar. Minha irmã nunca vai voltar e ele tem que pagar por isso", concluiu emocionada.

Comentar Enviar por e-mail Imprimir

Comentários:

Não há comentários para a matéria no momento.

Envie um comentário para a matéria.
Origem da mensagem: 107.22.8.81









Visual CAPTCHA


O JORNALISTA 292 não se responsabiliza pelas mensagens postadas como comentário das notícias, sendo estas de sua inteira responsabilidade, podendo, quando julgar algum comentário inadequado, inativá-lo ou excluí-lo de sua base de dados. Salvo confirmação de seus dados informados.

Mais Notícias:

:: PRF flagra 254 kg de droga em carroceria de carro no Sul do Piauí; 2º maior apreensão do ano

:: Governo investe em melhorias estruturais no Hospital de Picos

:: Empresa canadense tem interesse em realizar evento esportivo internacional no litoral do Piauí

:: Polícia investiga denúncia de tortura a criança de 5 anos

:: TCE notifica municípios sobre publicação de atos oficiais

:: Caminhão pipa tomba ao coletar água para comunidades no Norte no Piauí

:: Casal tenta roubar carro de policiais e foge a pé depois de tiroteio no Piauí

:: SEMEL define jogos do Campeonato de Futebol Amador Picoense 2017

:: 384 famílias recebem chaves de apartamentos do Residencial Antonieta Araújo

:: Comunidades Passagem das Pedras e Boa Vista recebem mutirão de atendimentos

:: SEMCASPI firma apoio para busca do selo “Cidade Amiga do Idoso” para Teresina

:: Projeto visa baratear cajuína no Piauí

:: PP pode ceder vaga de vice se PT abrir mão do Senado, diz Júlio Arcoverde

:: Número de mortes em presídios do Piauí cai 33% no primeiro semestre

:: Corpo de bebê é achado por gari dentro de saco plástico

+ Polícia

POLÍCIA

PRF flagra 254 kg de droga em carroceria de carro no Sul do Piauí; 2º maior apreensão do ano

21.07.2017

Inspetor não descartou a possibilidade de mais tabletes de drogas estarem escondidos no veículo.

POLÍCIA

Polícia investiga denúncia de tortura a criança de 5 anos

20.07.2017

O Conselho Tutelar foi provocado pela escola onde o menino estuda e a polícia está em campo fazendo diligências na zona Rural do município.

POLÍCIA

Casal tenta roubar carro de policiais e foge a pé depois de tiroteio no Piauí

20.07.2017

Foram encontradas roupas e cestas de bebidas no carro que suspeitos abandonaram após tiros.

PIAUÍ

Briga por pássaro de R$ 150 causa homicídio no Piauí

18.07.2017

Delegado afirma que homicídio poderia ter acontecido por dívida ou por tentativa de furto.

PIAUÍ

Jovem tem pescoço cortado após briga por cigarro em escola

16.07.2017

Após o atendimento do Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar encaminhou os envolvidos à Central de Flagrantes

PIAUÍ

Mulher é presa após arrancar orelha a dentadas em crise de ciúmes no Piauí

16.07.2017

Agressora foi levada para delegacia, enquanto agredida foi conduzida para hospital para suturar a orelha.

POLÍCIA

Falsos funcionários da Receita Federal são presos ao aplicarem golpes no Piauí

14.07.2017

Quadrilha dizia vender aparelhos de ar-condicionado apreendidos por falta de espaço em depósito. Segundo a polícia, quadrilha pode ter lucrado mais de R$ 100 mil.

POLÍCIA

Secretário pede investigação para vazamento de imagens íntimas de 6 mulheres

14.07.2017

Segundo prefeito da cidade, as fotos estão sendo compartilhadas há 10 dias.

POLÍCIA

600 mil estão sem acesso a delegado no Piauí, diz sindicato

12.07.2017

Delegados regionais entregaram funções de confiança nesta terça-feira por falta de estrutura afetando 105 dos 224 municípios do Piauí

POLÍCIA

Delegacia geral denunciará delegados que abandonarem distritos no interior

11.07.2017

Ontem, o Sindicato dos Delegados comunicou que 19 delegados que acumulam cargos no interior do Estado estavam entregando as funções

ESPECIAIS

Editorial

Nada de PT, PMDB ou PSDB. Maior partido é o da JBS. Depois, o da Odebrecht.

25.05.2017

Na prática, tinham governos e governantes debaixo do braço. Como poderia ser diferente?

publicidade paoecafe7
honda6 Moreno Calçados 1 piauieletro brilhante apaas Alberto Lotação e Turismo4 Casa do Automóvel Kildary6 Bio PROCORDIS 2 paoecafe9 Camisetas3

JORNALISTA 292

Todos os artigos publicados, neste web site, são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião do J292.

Desenvolvido por: Aroldo Santos – Soluções Web.