Publicidade  - fotomarques

POLÍCIA

"Matei e gostei de matar", admite sobrinho suspeito de assassinar psicóloga

Cidadeverde   04/07/2017

Divulgação

clique para ver a foto em tamanho real

Joaquina Barros foi achada morta dentro de casa.

A declaração- segundo a Polícia Civil- foi dada pelo menor infrator suspeito de assassinar a tia

 

"Matei e gostei de matar". A declaração- segundo a Polícia Civil- foi dada pelo menor infrator suspeito de assassinar a tia, a psicóloga Joaquina Maria Pereira de Barros, no mês de junho. O coordenador da Delegacia de Homicídios, delegado Francisco Costa - o Baretta, revelou que o adolescente- que tem apenas 16 anos de idade- não demonstrou arrependimento e, inclusive, pensou em voltar na cena do crime quando a polícia estava no local.

"Ele disse que pensou em voltar na casa quando viu que a polícia estava lá, só para ver o que estavam fazendo. O menor assume que matou e gostou de matar", contou Baretta.

Joaquina Barros foi achada morta dentro de casa. Ela estava com sinais de estrangulamento provocados por um fio de telefone e uma coleira de cachorro, além de um golpe profundo no pescoço.

O delegado reforça ainda que o adolescente tem perfil psicopata e, além de demonstrar frieza, revelou ainda um sentimento de inveja.

"Ele disse que sentia inveja da filha da psicóloga que era tratada como uma princesa e que pensou em matar a menina quando a viu dormindo", declarou Baretta. 

Outro detalhe revelado pelo coordenador da Delegacia de Homicídios é que o adolescente pediu a namorada que comprasse veneno após o crime.  Baretta acredita que o adolescente pretendia fazer outra vítima e a encomenda seria para matar alguém.

"Em depoimento, a namorada contou que ele pediu que comprasse esse veneno, mas não deu mais detalhes. Acredito que ele queria fazer outra vítima e ia apenas mudar o modo de agir", acredita.

Para o coordenador da Delegacia de Homicídios, o assassinato foi premeditado. O jovem teve tempo, inclusive, de simular um latrocínio (roubo seguido de morte).

"Ele levou cartões, celular, talões de cheque e o documento do carro para fingir que era um latrocínio. Contudo, a Polícia Civil fez um excelente trabalho e investigou até saber o que tinha o ocorrido", finaliza Baretta.

O adolescente não tem registro de antecedentes criminais.

Comentar Enviar por e-mail Imprimir

Comentários:

Não há comentários para a matéria no momento.

Envie um comentário para a matéria.
Origem da mensagem: 54.224.230.51









Visual CAPTCHA


O JORNALISTA 292 não se responsabiliza pelas mensagens postadas como comentário das notícias, sendo estas de sua inteira responsabilidade, podendo, quando julgar algum comentário inadequado, inativá-lo ou excluí-lo de sua base de dados. Salvo confirmação de seus dados informados.

Mais Notícias:

:: Comunidade do Parque Exposição recebe visita de profissionais da saúde para mutirão da hanseníase

:: Estado controla motim na Penitenciária de Floriano

:: Governador diz que finanças chegam no “osso” e anuncia novos cortes

:: Padre Walmir empossa membros do Conselho Municipal de Política Cultural

:: Picos: Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é comemorado pela Associação Piauiense de Atenção e Assistência em Saúde (APAAS)

:: Hugo Victor contesta oposição e garante que auditoria do Denassus na Saúde está suspensa

:: Deputado Nerinho participa de inauguração de UBS em Geminiano

:: Secretário de Justiça recebe agentes penitenciários e trata sobre melhorias para servidores e presídios

:: Poluição Sonora: SEMAM realiza capacitação

:: Levantamento da Prefeitura aponta que é inviável reajuste de salários dos servidores

:: Quadrilha suspeita de explodir banco na Prefeitura de Picos é presa

:: Secretaria de Saúde adverte sobre os cuidados em relação à caxumba

:: Teresina vence concurso “Cidade para as pessoas”

:: Vídeo: empresária sofre sequestro relâmpago e tem R$ 30 mil roubados

:: Delegado investigado por falsificar notas e recibos ostenta em redes sociais

+ Polícia

POLÍCIA

Quadrilha suspeita de explodir banco na Prefeitura de Picos é presa

20.09.2017

Sete pessoas foram presas no residencial Torquato Neto, em Teresina. Elas são suspeitas de ataques a oito agências bancárias nos dois estados.

POLÍCIA

Vídeo: empresária sofre sequestro relâmpago e tem R$ 30 mil roubados

20.09.2017

Esta foi a terceira vez que a empresária foi vítima de assalto. Em todas as ações criminosas foram levadas grandes quantidades em dinheiro.

POLÍCIA

Delegado investigado por falsificar notas e recibos ostenta em redes sociais

20.09.2017

Para aguardar o processo em liberdade ele alegou problema mental. Clayton Doce está há 3 anos recebendo salário sem trabalhar.

POLÍCIA

Pai de juiz federal é assassinado na porta de casa no bairro Bela Vista

19.09.2017

O coordenador da Delegacia de Homicídios, Francisco Costa, o Baretta, acredita que os bandidos tenham confundido o instrumento musical com uma arma de fogo.

POLÍCIA

Quadrilha usava nomes de mortos para fraudar benefício do INSS no Piauí

12.09.2017

Polícia Federal deflagrou segunda operação para apurar crimes previdenciários no estado. Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

JUSTIÇA

Sejus prende dupla arremessando objetos ilícitos na Custódia e evita fuga na Irmão Guido

12.09.2017

O secretário de Justiça do Estado, Daniel Oliveira, observa que, graças ao plano de segurança prisional da Secretaria de Justiça, muitos problemas têm sido coibidos

POLÍCIA

Prefeito sofre atentado na porta de sua residência

11.09.2017

O prefeito foi encaminhado inicialmente ao Hospital Regional de Corrente, sem corre risco de morte

POLÍCIA

Corpos são achados carbonizados e polícia suspeita que seja de padrasto e enteada

10.09.2017

Em uma área um pouco mais afastada também foi encontrada uma motocicleta carbonizada.

PIAUÍ

Suspeito de estupro consegue fugir de sequestro após quase ser carbonizado, diz polícia

10.09.2017

Se forem localizadas, os autores da ação responderão por sequestro, cárcere privado e maus tratos.

PIAUÍ

Operação Raposa Presa evita fuga e apreende objetos na Irmão Guido

06.09.2017

Informações apuradas pela Diretoria de Inteligência e Proteção Externa da Sejus, a Dipe, apontaram que uma fuga estava sendo articulada para esta quarta.

ESPECIAIS

Editorial

Nada de PT, PMDB ou PSDB. Maior partido é o da JBS. Depois, o da Odebrecht.

25.05.2017

Na prática, tinham governos e governantes debaixo do braço. Como poderia ser diferente?

publicidade Kildary7
paoecafe9 Alberto Lotação e Turismo4 Mahogany apaas piauieletro recanto honda6 eco PROCORDIS 2 Kildary6 Casa do Automóvel Bio

JORNALISTA 292

Todos os artigos publicados, neste web site, são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião do J292.

Desenvolvido por: Aroldo Santos – Soluções Web.