Publicidade  - Mahogany8

TERESINA

Prefeito veta Projeto de Lei que dispõe sobre pratos e talheres adaptados

292   16/06/2017

O veto baseia-se na Lei Federal Nº 13.146/2015, conhecida como Lei Brasileira da Inclusão – LBI

 

O prefeito Firmino filho vetou Projeto de Lei enviado pela Câmara Municipal de Teresina que dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos disponibilizarem pratos e talheres adaptados à pessoas com deficiência visual e/ou mobilidade reduzida. O veto do chefe do executivo municipal acata orientações do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) e de várias entidades sociais ligadas ao segmento das pessoas com deficiência visual.

O veto baseia-se na Lei Federal Nº 13.146/2015, conhecida como Lei Brasileira da Inclusão – LBI, que estabelece diretrizes e bases visando a promoção efetiva da acessibilidade, bem como o princípio do desenho universal, que consiste na concepção de produtos, ambientes, programas e serviços a serem usados por todas as pessoas, sem necessidade de adaptação ou de projeto específico, incluindo os recursos de tecnologia assistiva, o que possibilita a utilização por todos, inclusive pelas pessoas com deficiência, sem causar nenhuma diferenciação ou constrangimento.

Segundo justificativa da promotora de Justiça Janaína Rose Ribeiro Aguiar, coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Pessoa com Deficiência e do Idoso, o Projeto de Lei, ao definir o que são os utensílios adaptados, afronta claramente o princípio do desenho universal, não podendo sequer ser considerado adaptação razoável, uma vez que a pessoa com deficiência, em especial a visual, tem a plena capacidade para utilizar pratos e talheres da forma como são disponibilizados para todas as pessoas, e a utilização de tais utensílios adaptados poderá impor mais constrangimento que benefício, retirando a autonomia e independência, que são a base de toda a luta das pessoas com deficiência.

O texto do veto destaca que toda a legislação em vigor acerca dos direitos das pessoas  com deficiência visa a reforçar e criar mecanismos para que essa parcela da sociedade conquiste cada vez mais autonomia, independência, tomando o protagonismo de suas vidas, realizando suas próprias escolhas como pessoas plenamente capazes que são, livres de qualquer forma de discriminação ou constrangimento.

“E por estar em desacordo com toda a legislação, acatamos as orientação do Ministério Público do Estado do Piauí e de nossa assessoria jurídica, que atestam que o Projeto de Lei é inconstitucional, tendo em vista que qualquer discriminação que tente padronizar, segregar ou diferenciar as pessoas está fora dos princípios constitucionais”, destaca o prefeito Firmino Filho.

Comentar Enviar por e-mail Imprimir

Comentários:

Não há comentários para a matéria no momento.

Envie um comentário para a matéria.
Origem da mensagem: 54.157.81.13









Visual CAPTCHA


O JORNALISTA 292 não se responsabiliza pelas mensagens postadas como comentário das notícias, sendo estas de sua inteira responsabilidade, podendo, quando julgar algum comentário inadequado, inativá-lo ou excluí-lo de sua base de dados. Salvo confirmação de seus dados informados.

Mais Notícias:

:: Robert Rios afirma existir dívida oculta nas contas do Estado

:: Padre Walmir ultrapassa limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal

:: Servidores da Saúde de Picos param atividades próximo dia 23

:: Funcionário dos Correios é atingido com tiro durante assalto

:: Polícia Federal investigará crime organizado nos presídios do Piauí

:: PM encontra mais de 100 quilos de maconha em bagageiro de veículo

:: CCJ analisa projeto que aumenta ICMS e anistia multa de devedores

:: Cadela tenta defender donos e morre esfaqueada no litoral do Piauí

:: Paróquia de Francisco Santos celebra Missa Solene do Imaculado Coração de Maria

:: Vídeo: motorista é rendido e tem carro roubado em Teresina

:: TRE-PI decide se mantém cassação do prefeito nesta segunda (9)

:: Acidente de carro mata fisioterapeuta e deixa feridos no Norte do Piauí

:: Deputado Nerinho critica reforma política aprovada pelo Congresso

:: Ministério Público do Trabalho ajuíza ação contra Prefeitura de Picos

:: Sem combustível delegacia de Picos deixa de solucionar crimes, diz delegado

+ Geral

PIAUÍ

Polícia Federal investigará crime organizado nos presídios do Piauí

10.10.2017

O pedido feito pelo Executivo Estadual atende à necessidade de garantir a ordem e disciplina nos presídios do Estado e a segurança da população,

PIAUÍ

Cadela tenta defender donos e morre esfaqueada no litoral do Piauí

09.10.2017

Suspeito acreditava que dono era "informante da polícia" e teria ido à casa do homem para matá-lo, segundo a polícia. Cadela tentou defender a família e foi esfaqueada.

DIOCESE DE PICOS

Paróquia de Francisco Santos celebra Missa Solene do Imaculado Coração de Maria

09.10.2017

A celebração Eucarística foi presidida pelo bispo diocesano de Picos, Dom Plínio José da Silva

ACIDENTE

Acidente de carro mata fisioterapeuta e deixa feridos no Norte do Piauí

08.10.2017

A vítima fatal foi identificada como a fisioterapeuta Layana Lopes que veio a óbito ainda no local.

Atraso de salários

Ministério Público do Trabalho ajuíza ação contra Prefeitura de Picos

07.10.2017

A ação foi ajuizada após várias tentativas do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos (Sindserm), em tentar resolver o impasse

DE SETEMBRO A DEZEMBRO

Prefeitura de Picos contrata mais de 16 mil diárias em pousada da Capital

06.10.2017

A licitação no valor de R$ 469 mil e 800 reais foi destinada a hospedagem de pacientes carentes que fazem tratamento de saúde em Teresina

DOIS MESES

Servidores do SAMU reivindicam salários atrasados em reunião na prefeitura de Picos

06.10.2017

Os profissionais buscavam uma previsão de quando receberão

CASO MAKELLY

Acusado de matar Makelly é absolvido pelo júri por 4 a 3

05.10.2017

O julgamento de Luis Augusto Antunes foi encerrado por volta das 19h

POLÍCIA

Após queimada, corpo é encontrado carbonizado em terreno baldio

05.10.2017

O delegado titular de Picos, Jônatas Brasil informou que ao tomar conhecimento do fato solicitou uma perícia que está realizando os procedimentos neste momento no local.

CASO MAKELLY

Makelly: acusação diz que réu tinha ódio por não assumir homossexualidade

05.10.2017

Crime ocorrido em julho de 2014 será julgado hoje. Makelly Castro foi morta por sufocamento, e o corpo encontrado quatro dias depois.

ESPECIAIS

Editorial

BOMBA: Em carta de desfiliação estarrecedora, Palocci acaba com Lula e o PT; leia na íntegra

27.09.2017

Enviou ao PT sua carta de desfiliação, após procedimento que o suspendeu, não por ter cometido crimes, mas por dizer a verdade sobre a corrupção petista e de Lula

publicidade Bio
honda6 PROCORDIS 2 apaas Camisetas3 piauieletro Moreno Calçados 1 Casa do Automóvel Dr Wesley6 rsa5 Mahogany Alberto Lotação e Turismo4 paoecafe9

JORNALISTA 292

Todos os artigos publicados, neste web site, são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião do J292.

Desenvolvido por: Aroldo Santos – Soluções Web.