Publicidade  - Procordis

ARTIGO

O dia do advogado e da advogada

Geórgia Nunes   11/08/2015

Divulgação

clique para ver a foto em tamanho real

Geórgia Nunes

Como se percebe, é preciso continuar desbravando os espaços e não se deixar levar pelo conformismo de que tudo já mudou e está diferente

 

No dia 11 de agosto recordamos a importância da advocacia e a atuação indispensável do advogado à administração da Justiça. O ofício de quem representa o cidadão na busca dos seus direitos – e de valores tão caros como a liberdade, a honra, o patrimônio e até mesmo a própria vida – se constitui em um dos pilares mais sólidos da democracia.

Como em quase todas as profissões, a advocacia foi exercida durante muito tempo apenas por homens. No Brasil, por exemplo, as primeiras mulheres formadas em direito surgiram no século XIX: Maria Coelho, Maria Fragoso e Delmira Secundina da Costa, em 1888 e Maria Augusta C. Meira Vasconcelos, em 1889, todas na Faculdade de Direito de Recife; em 1898, Maria Augusta Saraiva ingressou na Faculdade de Direito de São Paulo, nenhuma delas, no entanto, conseguiram exercer efetivamente a profissão. A primazia coube à fluminense Myrthes Gomes de Campos, a primeira mulher advogada no Brasil, em 1906.

Passados quase 110 anos desde a desbravadora Myrthes, somos 407.406 mulheres inscritas na OAB, em um universo de 876.933, o que equivale a 46% do número de advogados do país ou quase à metade.

Isto, porém, não quer dizer tudo. A presença feminina nos quadros políticos e representativos das entidades lembra mais os primeiros anos do século passado. Como prova dessa disparidade, o Conselho Federal possui, atualmente, 81 conselheiros, dos quais penas cinco são mulheres. Além disso – sem espantos – a OAB Brasil nunca foi presidida por uma mulher, e de 27 seccionais, apenas sete já elegeram uma presidenta.

Refletir sobre esses números e acerca dos papéis convencionais dos homens e das mulheres, expondo suas implicações para a participação paritária de mulheres e homens na vida pública, permitirá ampliar as possibilidades das mulheres, impactando suas trajetórias e formas de participação na sociedade.

Recordo que, recentemente, foi aprovada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil a obrigatoriedade da cota de 30% para mulheres nas chapas que disputarão as próximas eleições da Ordem. Entretanto, esse percentual deve persistir pequeno, uma vez que a cota poderá ser preenchida em qualquer cargo, não garantindo o acesso das advogadas aos cargos de comando e direção.

Como se percebe, é preciso continuar desbravando os espaços e não se deixar levar pelo conformismo de que tudo já mudou e está diferente. É preciso desafiar o perspicaz isolamento da mulher dos cargos de representação, discurso politicamente correto de igualdade de gênero frente a dura realidade da pífia representação numérica da mulher nos organismos colegiados. Mas do que falar é preciso fazer, avançar.

O discurso, obviamente, importa muito no processo de igualdade de gênero, mas somente a mudança no que diz respeito a efetiva representação da mulher nas suas respectivas entidades representativas, de maneira correspondente ao número que são, no caso da OAB, a metade, é que tornará real a igualdade defendida por todos.

Viva a advocacia!

Geórgia Nunes, Advogada e Diretora Tesoureira da OAB-PI

Comentar Enviar por e-mail Imprimir

Comentários:

Não há comentários para a matéria no momento.

Envie um comentário para a matéria.
Origem da mensagem: 54.80.89.148









Visual CAPTCHA


O JORNALISTA 292 não se responsabiliza pelas mensagens postadas como comentário das notícias, sendo estas de sua inteira responsabilidade, podendo, quando julgar algum comentário inadequado, inativá-lo ou excluí-lo de sua base de dados. Salvo confirmação de seus dados informados.

Mais Notícias:

:: Sistema prisional do Piauí ganha novas armas, viaturas e munições

:: Câmara dos Deputados fará sessão em homenagem a Oeiras

:: Audiência pública irá discutir elaboração do Plano Plurianual e a Lei Orçamentária Anual

:: Profissionais de 70 municípios passam por capacitação do novo sistema de marcação de exames

:: PMDB não se entende sobre rumo do partido em 2018

:: Prefeito Mão Santa se posiciona sobre episódio em escola

:: "Sempre combateu o racismo e não vai se calar agora", diz mãe de Miss Brasil sobre comentários racistas

:: Lucy Silveira diz que aguardará momento certo para decidir sobre candidatura

:: Teresina tem um assalto a cada três dias; botão do pânico deve ser instalado em setembro

:: Cortes de verbas de 40% no Ibama preocupa para o combate a incêndios no Piauí

:: Universidade Aberta do Piauí abre edital de processo seletivo com 60 vagas para tutores

:: Hospital de Picos passa a contar com UTI a partir de outubro

:: Mortes em acidentes de trânsito caem 41% no primeiro semestre

:: Alunos participam de aula inaugural do Qualificar Tur

:: Conselho do Direito da Mulher elege nova mesa diretora

+ Opinião

ARTIGO

Expectativa de vida

06.12.2016

No Piauí, só não se morre primeiro porque o Maranhão fez o favor de passar adiante

ARTIGO

Lambendo a rapadura

25.05.2016

O projeto eleitoral do governador para 2018 exclui, portanto, o senador Ciro Nogueira e a vice-governadora Margarete Coelho

LUTO

Homenagem: Um jogo de Leonardo pelo Blog do Torcedor

02.03.2016

Um exibição que talvez seja a maior do jogador com a camisa rubro-negra.

LUTO

Leonardo e o ano mágico de 1994

02.03.2016

Ex-atacante foi campeão pernambucano e da Copa do Nordeste, além de comandar Sport em jogos memoráveis naquela temporada

ARTIGO

Obrigado por me deixar ver a história, Leonardo

02.03.2016

Não tenho todos os gols de Leonardo na cabeça, todavia os mais marcantes estão vivos na mente,

OPINIÃO

Escolas da rede estadual estão caindo aos pedaços no Piauí

16.02.2016

Uma das escolas que está prestes a cair é a Unidade Escolar Monsenhor Bonson na cidade de Água Branca

ARTIGO

Um Comitê contra o Crime

28.01.2016

A iniciativa do governo é oportuna. O combate à violência não é papel apenas do aparelho policial, isoladamente.

ARTIGO

O governo contra-ataca

06.01.2016

Mas vejamos o que o auxílio-moradia realmente importa para o ajuste fiscal.

ARTIGO

O que nos dizem as prisões

26.11.2015

Para o cidadão de bem, se é partido A ou B, não importa. O que importa é que seja preso e punido quem usa do poder e das facilidades

ARTIGO

Governo quer dobrar o TCU

07.10.2015

O ministro do TCU que vem sendo bombardeado pelo governo e pelo PT já presidiu a Corte

ESPECIAIS

Editorial

Nada de PT, PMDB ou PSDB. Maior partido é o da JBS. Depois, o da Odebrecht.

25.05.2017

Na prática, tinham governos e governantes debaixo do braço. Como poderia ser diferente?

publicidade Alberto Lotação e Turismo6
Bio honda6 brilhante Camisetas3 recanto Moreno Calçados 1 apaas Casa do Automóvel piauieletro Kildary6 Alberto Lotação e Turismo4 PROCORDIS 2

JORNALISTA 292

Todos os artigos publicados, neste web site, são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião do J292.

Desenvolvido por: Aroldo Santos – Soluções Web.